Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010

Curiosidades...

Não resisti e tirei esta foto a um carro que estava estacionado ao pé da Fraga da Pena. Será que sofre de audição!?!?

Sinto-me:

Parrozelos parrozelos às 22:31
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Fraga da Pena entra na corrida ás 7 Maravilhas Naturais de Portugal

 

A Câmara Municipal de Arganil apresentou a candidatura da Fraga da Pena, na freguesia de Benfeita, às “7 Maravilhas Naturais de Portugal” que na presente edição pretende sensibilizar os portugueses para a necessidade de preservar o património natural.

Localizada em plena Mata da Margaraça, inserida na Área protegida da Serra do Açor, a Fraga da Pena é identificada como local privilegiado de encontro com a natureza, onde a água abre caminho por entre a vegetação e a superfície xistosa, e se despenha numa majestosa cascata com mais de setenta metros.

A Câmara Municipal de Arganil descreve o local como “uma extraordinária maravilha natural que permanece intocável pelo Homem e onde impera uma impressionante serenidade, apenas interrompida pelo som da água e do chilrear dos pássaros”. “Um recanto paradisíaco que se destaca pela sua autenticidade e frescura”,

 

 

 

Sinto-me:

Parrozelos parrozelos às 18:05
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 3 de Novembro de 2009

Olhares da Fraga Da Pena Serra Do Açor

A Cascata da Fraga da Pena é uma cascata serrana portuguesa que se localiza nas proximidades da aldeia de Benfeita, Arganil, Distrito de Coimbra, Serra do Açor.

Esta cascata tem origem num acidente geológico e é considerada uma das maiores mais valias entre os recursos naturais da paisagem protegida da Serra do Açor.

As águas que se despenham desta cascata correm por um vale muito apertado na montanha, dando assim origem a uma micro paisagem, que surge de forma repentina, dotada de vegetação abundante a cobrir o xisto.

O desnível da Cascata da Fraga da Pena chega aos 20 metros de altura. A sua alimentação provem da Barroca das De grainhas, onde forma um primeiro lençol de água, águas estas que escorrem para outro menor e dando novamente origem a outra cascata.

 

 

 

 

 

 

Sinto-me:

Parrozelos parrozelos às 00:58
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 3 de Outubro de 2009

Paisagem Protegida Serra do Açor


 





 
Na serra do Açor, domínio do xisto, as dobras e fracturas originam um tipo de relevo característico, vigoroso mas de contornos arredondados, sulcado por vales com grandes quedas de nível, linhas de água encaixadas e onde, por vezes, se encontram curiosos acidentes geológicos, como das quedas de água da Fraga da Pena.
 
A PPSA situa-se no concelho de Arganil, distrito de Coimbra. Os 382ha que a constituem distribuem-se pelas freguesias de Benfeita e de Moura da Serra. Na área da PPSA encontram-se dois sítios de especial interesse, a Mata da Margaraça e a Fraga da Pena. Foi criada pelo DL nº 67/82 de 3 de Março incluindo a Reserva Natural Parcial da Mata da Margaraça (Reserva Biogenética do Conselho da Europa) e a Reserva de Recreio da Fraga da Pena. A Mata da Margaraça, localizada próximo da povoação de Pardieiros, ocupa cerca de 68ha numa vertente com exposição N-NW, entre os 600-850m de altitude. Esta mata constitui uma das raras amostras ainda existentes da vegetação natural das encostas xistosas do centro de Portugal tal como existiria séculos atrás e destaca-se na paisagem alterada pelos fogos florestais da Serra do Açor. Apresenta-se como uma floresta muito antiga dominada por castanheiro e carvalho-alvarinho, que coexistem com outras espécies de interesse como o azereiro, o loureiro, o azevinho, entre muitas outras. Os diferentes habitats da Mata da Margaraça permitem o crescimento de comunidades muito diversificadas, nomeadamente de fungos, briófitos e animais que encontram aqui o seu habitat preferencial.A Fraga da Pena localiza-se num pequeno desvio da estrada que liga Benfeita a Pardieiros. Resulta de um acidente geológico que origina um conjunto de várias quedas de água ao longo de um curso de água permanente, constituindo um local de grande importância paisagística. As margens da linha de água conservam ainda alguns exemplares antigos de carvalho-alvarinho, azereiro, azevinho, castanheiro, aderno, entre outras.
 
Sinto-me:

Parrozelos parrozelos às 17:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

.Mais sobre mim

.E-mail geral de contacto

parrozelos@sapo.pt

.Pesquisar neste blog

 

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Meteorologia

.Posts recentes

. Curiosidades...

. Fraga da Pena entra na co...

. Olhares da Fraga Da Pena ...

. Paisagem Protegida Serra ...

.Arquivos

. Novembro 2013

. Agosto 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.Tags

. todas as tags

.Favoritos

. A minha Aldeia Parrozelos...

.Links

.Fotos de Parrozelos

.A ver

.Visitas

.Livro de Visitas

Parrozelos

.Musica